sábado, 12 de maio de 2007

sexta-feira, 11 de maio de 2007

Mais fotos da neblina





Fotos gentilmente cedidas por Clara Aguiar.

Neblina na baía do Funchal




A sensação que provoca é de frescura, até parece de ar condicionado. Segundo a metereologia não há motivo para alarmes, este fenómeno ocorre mais sobre o alto mar e não tão perto da costa.

quinta-feira, 10 de maio de 2007

Morte por envenenamento.



Em Santana ainda há quem faça disto aos animais... Não aconselho a pessoas sensíveis a visualizar

Obras protegidas





Aqui está mais um artigo que tem o seu interesse para quem anda nas "lides" da música e gosta de estar informado. Apesar de eu achar que a legislação que existe em Portugal não é a melhor para quem coloca música em espaços públicos, isto face às novas tecnologias.
Sobre esta matéria já fiz umas pesquisas e descobri que por exemplo no Reino Unido, que para mim por enquanto é um exemplo a seguir, existe uma entidade em que os DJ's se registam legalmente, é lhes dado um número, pois para o caso de serem fiscalizados, com esse número as entidades fiscalizadoras podem saber tudo ele e sobre o material, neste caso as músicas que ele tem, pagam uma taxa anual, convertem faixas de cd's originais em mp3, mas têem de comunicar a essa entidade quais as faixas que fizeram.

Enfim Reino Unido é outro MUNDO e outra legislação.


Artigo do Diário de Notícias do Funchal

Obras protegidas
Data: 17-04-2007

Uma fiscal da Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) foi ontem recebida com impropérios pelo dono do prédio onde está instalado um bar, perto do Mercado dos Lavradores, no Funchal.

A PSP foi chamada ao local e a visada, Lúcia Vieira, acompanhada pelo responsável regional da SPA, Pedro Teixeira apresentou queixa no Comando Regional da PSP.

À luz do Código de Direito de Autor, a SPA cobra uma verba aos estabelecimentos comerciais (bares, restaurantes, discotecas, etc.) que utilizem aparelhos de rádio ou televisão para exibições públicas de obras sonoras ou audiovisuais. Foi para liquidar uma dívida de cerca de 155 euros relativa a um semestre de 2006 que Lúcia Vieira se dirigiu ao snack-bar tendo sido recebida com insultos. Contactado pelo DIÁRIO, Pedro Teixeira lamentou o sucedido.

Em toda a Região existem cerca de 4.600 estabelecimentos que, exibindo música ambiente ou ao vivo e/ou televisão (incluindo hotéis), devem pagar direitos de autor. A maioria dos estabelecimentos fá-lo sem reservas. Nalguns casos, sobretudo nos estabelecimento mais pequenos, há resistências, os usuários recusam-se a pagar (mesmo sabendo que podem incorrer em coimas e, em última instância, o material ser apreendido à luz da prática do crime de usurpação) pelo que "as primeiras intervenções são pedagógicas", disse Pedro Teixeira. Na maior parte dos casos, a cobrança anual pela SPA não vai além dos 210/220 euros.

O dinheiro não reverte para a SPA mas para os seus associados que são os autores das obras protegidas. A verba é distribuída semestralmente aos autores segundo uma fórmula, no caso das músicas (em vinil ou CD), que conjuga as vezes que passa na radio (as rádios também pagam direitos de autor) com o top de vendas. No caso do recurso à televisão para exibir obras a verba cobrada pela SPA é fixa. No caso de obras protegidas estrangeiras a verba é redistribuída através das cerca de 170 congéneres da SPA espalhadas pelo mundo.

Qualquer obra original -criação intelectual- (musical, literária, científica e artística), em diferentes suportes (papel, CD, DVD, etc.) pode ser registada na SPA mediante uma jóia inicial de 150 euros. A obra fica protegida por 75 anos. Até lá, a sua reprodução exige o pagamento de direitos de autor. A fiscalização cabe à SPA mas sobretudo às autoridades policiais ou equiparadas (ASAE, PSP, GNR).

Nos arraiais, frequentes na Madeira, os "festeiros" são obrigados a pagar direitos de autor se, para a festa, forem contratados conjuntos musicais que toquem 'remakes'.

Quanto a autores madeirenses (beneficiários) foram registados na SPA-Madeira cerca de 350 nos últimos sete anos. Até teses de doutoramento estão registadas. "Há maior preocupação em proteger a 'obra'", congratulou-se Pedro Teixeira.

Emanuel Silva

quarta-feira, 9 de maio de 2007

terça-feira, 8 de maio de 2007

Incêndio



Incêndio na encosta da Ribeira dos Socorridos até os Três Paus – Serras de Santo António.

Pois é, mal começa a apertar o calor surgem os incêndios, este começou por volta das 12h20 e a foto foi tirada por volta das 13H00.

Nos orgãos de comunicação social surge logo pela manhã os avisos da metereologia, que além de falarem das temperaturas e do estado do tempo, incluiu um novo indicador "a radiação ultravioleta", a previsão de hoje é de 10. O conselho é evitar apnhar sol.

segunda-feira, 7 de maio de 2007

Cobertura televisiva das eleições na Madeira, a partir do cais do Funchal pela RTP



Aqui fica sob a forma de vídeo fotográfico as imagens que eu captei. Os trabalhadores que formam uma grande equipa de trabalho, cheia de união e com grande profissinalismo conseguiam colocar no ar, o telejornal para o canal 1 e para RTP-Madeira, dois palcos, duas equipas, a trabalhar para uma casa chamada RTP.

Obrigado, Dr. Luís Marinho por ter deixado este intruso fotografar...

O Artista POP do momento: MIKA

Nasceu no Líbano, cresceu e viveu entre Paris e Londres, tinha o seu projecto mas nenhuma editora acreditava nele mas insistiu e começou a fazer as coisas à sua maneira pela net, sobretudo pelo youtube. Agora podem podem ver mais no MYSPACE

Para aqueles que querem ouvir excertos rápidos das músicas de Mika cliquem aqui